CiCO

Descrição

Os estudos desenvolvidos no GP Comunicação, consumo e identidades socioculturais – CiCO partem da reflexão sobre a intersecção comunicação-consumo pensada no contexto da constituição das identidades no âmbito da interação social no ambiente urbano e relações com o universo midiático. O interesse é buscar respostas a partir da cultura com ênfase no simbólico e no imaginário socioculturais. Avaliar a significação das ações, objetos e expressões em relação a contextos e processos historicamente específicos e socialmente estruturados dentro dos quais, e por meio dos quais, são produzidas, transmitidas e recebidas as formas simbólicas, fundamentando as descobertas na relação com a vida na metrópole da modernidade tardia, onde a velocidade, a fragmentação e a (in)visibilidade são a tônica. Em contextos em que o trabalhador é transformado em consumidor de necessidades básicas, de novas mercadorias e de ideias-mercadorias, para oque os meios de comunicação têm cada vez mais função primordial, em cenários caraterizados pelo uso dos bens de consumo na especificação das relações sociais, exigindo que o consumo seja trabalhado além dos limites das práticas comerciais, ampliado para dimensões de inserção cidadã e diferenciação social.

Para esta reflexão, é dada prioridade à temáticas referentes às representações midiáticas e práticas de consumo; relações entre a mídia e demandas sociais; relações sociais e culturais; constituição de sentido e identidade.

Ementa

Busca-se compreender as atribuições de sentido às práticas cotidianas em um ambiente social multifacetado, mediado e midiatizado, no qual é pelo consumo que nos fazemos sujeitos-agentes, determinando posições sociais e identidades pessoais, problematizamos as concepções de consumo e suas imbricações com o pertencimento social. Discussão sobre como isso é apresentado e funciona nas narrativas midiáticas, em especial na narrativa ficcional e como se dão os caminhos de leitura, as eventuais brechas, para leituras diferentes e divergentes do que nos oferecido como estratégias de mobilização dos indivíduos em prol da manutenção das perspectivas hegemônicas.

Em termos de abordagens metodológicas, os estudos desenvolvidos no âmbito deste GP focalizam a recepção a partir dos métodos e técnicas de pesquisa que melhor possibilitem uma aproximação dos processos atribuição de sentido das práticas cotidianas na intersecção com as mensagens midiáticas em consonância com as especificidades teórico-conceituais das problematizações em questão, dando preferência ao emprego de abordagens dedutivas (entrevistas, grupos focais, aproximações etnográficas), com vistas à análise e interpretação de discursos, representações sociais, narrativas.

Objetivos

  • Abordar aspectos da cultura do consumo que dialoguem com a sociedade complexa a partir dos processos de pertencimento.
  • Estudar os processos de consumo material na perspectiva das práticas de comunicação midiática e interfaces com o simbólico e o imaginário.
  • Problematizar a relação identidade-consumo a partir das representações midiáticas, em especial nas narrativas televisivas ficcionais.
  • Refletir sobre atribuições de sentido e constituição e identidades coletivas nos ambientes urbanos característicos de uma sociedade midiatizada.

Linhas de pesquisa

Linha 1: Comunicação e consumo, identidade, pertencimento

A proposta desta linha é refletir sobre o uso dos bens de consumo na especificação das relações sociais. O foco é o consumo na cena contemporânea, produto e processo da constituição de identidades em um ambiente do qual também o consumo é parte constituinte, entendido isso principalmente no âmbito cultural e econômico com reflexos e refrações do simbólico e do ideológico. Em termos de abordagens metodológicas, trabalha-se com combinações de técnicas e enfoques de pesquisa que permitam capturar elementos distintivos das práticas cotidianas de consumo, esse sempre entendido em seus aspectos simbólico e material. Nosso interesse recai sobre a relação das práticas de comunicação e consumo com a produção de subjetividades, compreendida como espaço no qual os indivíduos interagem, integrando-se à coletividade. .

Linha 2: Comunicação e consumo, representações midiáticas e atribuição de sentido

A proposta desta linha é refletir sobre as relações entre os processos de atribuição de sentido e o consumo na cena contemporânea, com destaque para as representações midiáticas, abarcando nisso os ambientes tradicionais e os digitais. A reflexão se dá no sentido de explorar e compreender a percepção dos indivíduos sobre o processo de consumo, indo além da objetividade da prática para o espectro da relação com a comunicação midiática. Nesta linha problematizam-se os discursos midiáticos, considerando tensões e processos comunicacionais da produção de sentido como expressões de identidades coletivas que refletem e refratam as práticas sociais e os cotidianos dos sujeitos-agentes. Considera-se que a construção teórico-epistemológica do conhecimento tem como fundamento a reflexão metodológica em busca da verificação e compreensão dos fenômenos característicos do cenário descrito.

O GP CiCO agrega também o CLIDIC, liderado pela profa Dra. Egle Müller Spinelli:

Linha de Pesquisa: Comunicação, Literacia Digital e Consumo

Descrição

Ter competência crítica e reflexiva para se comunicar e consumir em um mundo digital são desafios do século XXI. Literacia, letramento, alfabetização para compreender o ecossistema digital contemporâneo são premissas básicas para a constituição de uma identidade cidadã e participativa.

O Grupo de Pesquisa Comunicação, Literacia Digital e Consumo desenvolve pesquisas teóricas, empíricas e aplicadas que abarcam questões de literacias nas inter-relações entre comunicação, consumo e educação. Tem como intenção promover reflexões e discussões sobre processos comunicacionais, educativos e socioculturais de consumo referentes ao desenvolvimento e problematização de competências de literacias digitais relacionadas às práticas de informação, educação e entretenimento.

Ementa

São contempladas investigações que privilegiem o campo do consumo midiático e digital e as interfaces com as áreas de comunicação e educação; práticas de recepção e consumo de mídia na era da desinformação; proposição de metodologias para a compreensão, mapeamento e difusão de competências digitais; análise das múltiplas formas de literacias na era digital; levantamento de práticas sócio culturais  e cidadãs para o consumo sustentável; análise dos fenômenos da comunicação e consumo na educação formal e informal; comunicação e consumo no contexto de desordem informacional.

Objetivos

  • Estudar as relações entre comunicação, consumo e educação a partir da perspectiva das literacias digitais e midiáticas;
  • Delimitar o campo conceitual dos estudos de literacias, tendo em vista a abordagem fenomenológica, compreendendo como os atores sociais se relacionam, percebem e interpretam os sistemas e como estes encontros moldam determinada situação;
  • Investigar a constituição, recepção, lógicas e estratégias das competências digitais e midiáticas articuladas no eixo teórico comunicação, consumo e educação;
  • Estudar, problematizar e propor metodologias de análise de processos de literacia digital nas relações entre comunicação e consumo;
  • Analisar processos de consumo em meios e plataformas comunicacionais para mapear competências relacionadas à literacias digitais que contribuam com ações políticas para o setor.

Equipe

Coordenadora

Participantes

Internos

Egressos

Externos

Produção

  • Projeto em andamento (2019-2022): Processos identitários na sociedade midiatizada: relações sociais, práticas de consumo e atribuições de sentido.
  • Projeto finalizado (2015-2018): Comunicar e consumir: constituição de identidades na sociedade midiatizada.
  • Eventos: participação regular dos integrantes nos principais eventos da área: ALAIC, Comunicon, Intercom, entre outros sobre temas específicos de interesse dos estudos em desenvolvimento.

 Biblioteca

Memórias

Aqui disponibilizamos anotações dos nossos encontros e andamentos de nossas pesquisas

Atividades e memórias 2018

Atividades e memórias 2017

Atividades e memórias 2016

Atividades e memórias 2015

Calendário de Atividades 2019

*Sujeito a alterações

Plano de atividades CICO 2019-1

 Fotos

Notícias

2019 – Profa. Dra. Dayse Maciel de Araújo publica o livro “Identidades do professor universitário – uma teoria baseada em formas de comunicação e de consumo” (ed. CRV), apresentando resultados de sua tese de doutoramento

[08-03-15] Profa. Dra. Simone A. Tuzzo apresenta pesquisa “Os Sentidos do Impresso”

No encontro  do dia 8 de março a Profa. Dra. Simone A. Tuzzo, do PPGCOM-UFG e integrante do CiCO, apresentou, por videoconferência, o percurso e resultados de sua pesquisa de pós-doutorado, “Os Sentidos do Impresso”. Além dos integrantes do PPGCom-ESPM, reunidos na unidade Joaquim Távora, também tivemos a presença, também online, da profa. Giselda Vilaça (FBV-AESO). O arquivo com a apresentação da profa. Simone pode ser acessado clicando aqui.

[11-12-15] Virgínia Patrocínio apresenta trabalho no IV SIDIS

No dia 11 de novembro de 2015, Virgínia Patrocínio participou do IV Simpósio Nacional Discurso, Identidade e Sociedade, ocorrido na Universidade Estadual do Ceará entre os dias 9 e 11 de dezembro de 2015. A integrante do CiCO apresentou o trabalho “O discurso da saudabilidade na publicidade dos alimentos industrializados: uma análise da campanha publicitária da marca Del Valle ‘o segredo é carinho'”, produzido em parceria com a profa. Marcia Tondato. Para mais informações sobre o evento, clique aqui.

[04-12-15] Rodrigo Scherrer apresenta trabalho no II EITCCC

O doutorando Rodrigo Scherrer apresentou o trabalho “Heteroformas: representações da identidade em sites de redes sociais” no II Encontro Internacional de Tecnologia, Comunicação e Ciência Cognitiva, que aconteceu na Universidade Metodista de São Paulo nos dias 3 e 4 de dezembro. O paper discute as possibilidades de representação da identidade em ambientes tecnoconstruídos e pode ser lido clicando aqui.

[13-11-15] CiCO firma parceria com a II Jornada Internacional GEMInIS 2016

O CiCO é um dos grupos de pesquisa parceiros da II Jornada Internacional GEMInIS 2016. O evento, que tem como tema “Entretenimento Transmídia: Séries Sob Demanda”, acontece entre os dias 17 e 19 de maio de 2016 na Universidade Federal de São Carlos. Para mais informações sobre o evento e submissão de trabalhos basta clicar aqui.

Contato

Facebook
Twitter